Total de visualizações de página

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

O charme dos cobogós

Os cobogós cumprem três funções principais num projeto arquitetônico : Fechar ambientes mantendo a ventilação e a entrada de luminosidade; criar divisórias; e embelezar a decoração da casa ou do apartamento. Não importa qual delas defina a sua escolha por eles, os blocos vazados não passam despercebidos. Estejam em estado bruto, cor de concreto, ou pintados de branco ou de cores fortes. Sejam eles “quadradinhos” ou sinuosos. Passados quase noventa anos desde a criação dos cobogós, eles se mantém atuais.
Arquitetura

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Estrutura de Concreto em Situação de Incêndio.

Projeto de segurança contra incêndio
Numa situação de Incêndio, as estruturas de concreto sofrem com as reações provocadas pelo calor, em muitos casos, essa estrutura se compromete completamente.

Para aqueles que querem entender melhor sobre oque acontece com o concreto em situação de incêndios, recomendamos esses link's abaixo :















Escritório de Arquitetura, Escritório de EngenhariaEngefacil CuritibaConstrutora de Casas,SobradosLajesLojasEmpreiteira de ObrasConstrutora de Obras,Reformas e Ampliações,Instaladora HidraulicaServiços de EngenhariaProjetos de ArquiteturaPareceresLaudos,Acompanhamento Técnico de ObrasProjetos Complementates,Prevenção contra incêndioAlvará de ObraDesign de InterioresElétricaARTResponsabilidade TécnicaNormas de Reforma NBR 16.280Serviços de ProjetoConstrução e ReformasSoluções TécnicaPaisagismoFinanciamento de ObraImpermeabilizaçãoEngenheiros e Arquitetos ExperientesLaudos para condomínio,Laudos Técnicos,Laudos de EngenhariaEmpreiteira de Obras em CuritibaEmpreiteiras de Casas em CuritibaPerícias residênciais e comerciais,Construtora de obras residenciaisProjeto estrutural para casasProjeto para casasSerralheriaDecorações em GessoAutomaçãoGranitosProjeto de interiores,Projeto estruturalReformas em CuritibaAlvenaria em CuritibaCasas de alvenariaInstalação de Pisos e AzulejosReformas em geralEletrecista em Curitiba,Instalação de ChuveiroInstalação de Lâmpada, Instalação de Cerca ElétricaAr CondicionadoQuadros elétricosserviços em hidráulicaHidráulica em CuritibaCaixa d'Águaproblema de vazamentoVálvulas Hydraserviços de jardinagemseviços de paisagismoManutenção de JardimLimpeza de JardimDecoração de Jardim,Jardim Verticalserviço de pintura em curitibapintura residêncial, pintura de apartamentosTexturas e GrafiatosReformas de ApartamentoReformas de Residências,Reformas de Empresas, Piso LaminadoForros de gesso/sancas, Instalação e Manutenção de DrywallServiços de PedreiroPedreiro em CuritibaPequenas Reformas.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Diferença entre design de interiores e decoração de interiores | Curiosidades & Serviços



O design de interiores residencial, como o nome sugere, se refere ao ramos do design de interiores que lidam com a decoração de interiores de construções residenciais. Geralmente, os designers se especializam para trabalhar em espaços residenciais, pois as exigências do design residencial e comercial podem variar. Projetos desse tipo podem ir desde o design dos interiores de uma casa que ainda será construída (nesse caso, as escolhas do cliente são incorporadas no estágio de planejamento arquitetônico) até a idealização dos interiores de uma casa nova ou o planejamento de uma reforma.
O design de interiores comercial é o ramo do design de interiores que lida com a decoração de prédios comerciais e de negócios. Existem vários tipos de prédios comerciais, incluindo bancos, escritórios, shoppings, escolas, projetos governamentais e até parques de diversão. Designers profissionais de prédios comerciais costumam escolher dedicar seu tempo a projetos semelhantes. Por exemplo, designers que trabalham com lojas de varejo idealizam shoppings, butiques, mercados e lojas de departamento.
As necessidades do cliente e os fatores que o designer precisa levar em conta podem diferir dependendo do tipo de prédio, residencial ou comercial. No prédio residencial, o cliente é um indivíduo ou uma família, e o designer deve ter em mente as exigências e especificações pessoais do cliente ao trabalhar o espaço. Ele também precisa zelar pela segurança do cliente e de sua família, enquanto assegura que o espaço seja confortável e reflita a personalidade e os gostos do cliente.
Em um prédio comercial, por outro lado, o cliente é uma organização e o designer deve assegurar que o prédio seja funcional e reflita a imagem organizacional da marca. A definição de funcionalidade pode variar, dependendo do propósito do prédio. Por exemplo, enquanto desenha os interiores de uma escola, o designer deve assegurar que as instalações sejam seguras para as crianças e oferecer tamanhos adequados de móveis e outras instalações; em um hospital, deve-se ter instalações adequadas para doentes, fracos e deficientes. Do mesmo modo, o design de um restaurante ou café deve ser bem diferente de um prédio governamental. O designer também deve se lembrar de regulamentações governamentais e de segurança e fornecer uma atmosfera que ajude a melhorar a produtividade.